Introdução

Na última década, o esporte emocionante e cheio de adrenalina que é o motocross viu alguns pilotos excepcionais deslizando sobre a terra, lançando-se ao ar e acelerando para a linha de chegada. Nestes últimos dez anos, houve momentos inesquecíveis e atuações memoráveis, muitas das quais podem ser creditadas a seis nomes em particular. Neste artigo, vamos detalhar os melhores pilotos de motocross da última década: Ricky Carmichael, Ryan Villopoto, James Stewart Jr, Tony Cairoli, Ken Roczen e Eli Tomac.

Ricky Carmichael

Ricky Carmichael

Considerado por muitos como o “GOAT” – o Maior de Todos os Tempos – no motocross, Ricky Carmichael é uma lenda viva do esporte. Ele nasceu em Clearwater, Flórida, e desde muito cedo, Carmichael mostrou um talento excepcional para o motocross. Começando sua carreira profissional em 1996, ele deixou sua marca indelevelmente no esporte.

Carmichael conquistou um total de 15 títulos do campeonato AMA (American Motorcyclist Association) – 10 no AMA Supercross e 5 no AMA Motocross. Ele também tem ao seu crédito dois títulos do Campeonato Mundial de Supercross da FIM. Uma das características distintivas de Carmichael era a sua incrível consistência. Ele tinha a habilidade única de fazer corridas consistentemente rápidas, o que lhe rendeu o apelido de “Mr. Consistency”.

Além dos campeonatos, Carmichael detém vários recordes impressionantes. Ele tem o maior número de vitórias no AMA Motocross com 76 vitórias e também é o único piloto na história a ter uma temporada perfeita (em 2002 e 2004) – vencendo todas as corridas no campeonato de motocross da AMA.

A carreira de Carmichael não se limitou apenas às pistas de motocross. Após se aposentar do motocross profissional em 2007, ele fez uma transição bem-sucedida para as corridas de caminhonetes Pro 2WD da TORC: The Off Road Championship, onde continuou a acumular vitórias e títulos.

Ricky Carmichael não é apenas conhecido por seus muitos triunfos, mas também por sua tenacidade, dedicação e paixão pelo esporte. Ele colocou o coração e a alma em cada corrida, e isso se refletiu em seu sucesso fenomenal. Carmichael pode ter se aposentado das competições profissionais, mas seu legado continua a inspirar pilotos em todo o mundo. Ele definiu o que significa ser um dos melhores pilotos de motocross, elevando o padrão para as futuras gerações.

Ryan Villopoto

Ryan Villopoto

Na lista dos maiores nomes do motocross, Ryan Villopoto tem um lugar de destaque. Nascido em Poulsbo, Washington, Villopoto fez sua estreia no motocross profissional em 2005 e rapidamente se destacou como um dos pilotos mais talentosos de sua geração.

Villopoto conquistou quatro campeonatos consecutivos do AMA Supercross, de 2011 a 2014, um feito que apenas dois outros pilotos conseguiram alcançar. No AMA Motocross, ele se destacou igualmente, ganhando três títulos na classe 450cc e um na classe 250cc. Sua temporada de 2011 foi particularmente impressionante, onde ele se tornou o primeiro piloto desde 2002 a ganhar ambos os títulos do AMA Supercross e do AMA Motocross no mesmo ano.

Além disso, Villopoto fez história em 2015 ao vencer o Campeonato Mundial de Motocross da FIM na sua primeira tentativa completa, tornando-se o segundo piloto americano a conquistar este título.

Villopoto era conhecido por seu estilo de pilotagem agressivo e incansável, empurrando a si mesmo e a sua moto ao limite em cada corrida. Sua determinação em ganhar era evidente em cada salto, cada curva e cada linha de chegada que ele cruzou. A tenacidade de Villopoto também se mostrou fora das pistas. Mesmo após sofrer várias lesões graves ao longo de sua carreira, ele sempre voltou mais forte, provando que era um verdadeiro campeão.

Embora Villopoto tenha se aposentado das competições profissionais em 2015, seu impacto no motocross continua a ser sentido. Ele deixou um legado de excelência e determinação que continua a inspirar pilotos em todo o mundo. Villopoto mostrou ao mundo do motocross que a paixão, o compromisso e a vontade de vencer podem levar a conquistas incríveis.

James Stewart Jr

James Stewart Jr

James “Bubba” Stewart Jr é um dos pilotos mais eletrizantes que o mundo do motocross já viu. Nascido em Bartow, Flórida, Stewart entrou no mundo do motocross profissional em 2002, e rapidamente estabeleceu-se como um piloto notável, graças ao seu estilo de pilotagem audacioso e carisma contagiante.

Stewart fez história em 2002, tornando-se o primeiro piloto afro-americano a ganhar um campeonato principal no AMA Motocross. Ele venceu o título na classe 125cc, e repetiu o feito em 2003. Stewart continuou a quebrar barreiras ao se tornar o segundo piloto na história a completar uma temporada perfeita, vencendo todas as 24 mangas do AMA Motocross 2008 na classe 450cc.

Na AMA Supercross, Stewart também deixou a sua marca. Ele conquistou dois campeonatos da AMA Supercross 450cc, em 2007 e 2009, acumulando 50 vitórias na carreira, o que o coloca em terceiro lugar na lista de todos os tempos. Além disso, Stewart tem ao seu crédito o Campeonato Mundial de Supercross da FIM de 2007.

Stewart era famoso por seu estilo de pilotagem único e inovador. Ele frequentemente surpreendia os espectadores e seus concorrentes com saltos audaciosos e manobras espetaculares. Ele era conhecido por sua capacidade de tirar tempo em seções da pista onde outros pilotos não conseguiam, ganhando o apelido de “o mais rápido homem do planeta” no mundo do motocross.

Apesar de ter se aposentado do motocross profissional em 2016, Stewart deixou um legado duradouro. Ele não apenas acumulou uma lista impressionante de títulos e vitórias, mas também deixou sua marca no esporte através de sua influência cultural e contribuição para a diversidade no motocross. Ele continua sendo uma fonte de inspiração para muitos aspirantes a pilotos de motocross ao redor do mundo.

Tony Cairoli

Tony Cairoli

Tony Cairoli, apelidado carinhosamente de “The Sicilian”, é um dos pilotos mais talentosos e bem-sucedidos do mundo do motocross. Nascido em Patti, Sicília, Itália, Cairoli começou a competir profissionalmente em 2002 e desde então tem estabelecido uma carreira espetacular, recheada de vitórias e marcos significativos.

Cairoli é oito vezes Campeão Mundial de Motocross na classe principal (MXGP/MX1), conquistando títulos em 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2017 e 2018. Além disso, ele ganhou o Campeonato Mundial de MX2 em 2005 e 2007, elevando seu total para uma impressionante soma de dez títulos mundiais.

Sua carreira também é marcada por vitórias significativas no Motocross das Nações, onde ele liderou a equipe italiana para vários pódios ao longo dos anos. Além de suas habilidades em uma moto, Cairoli é conhecido por sua personalidade carismática e humilde, sendo um verdadeiro embaixador do esporte dentro e fora das pistas.

Cairoli possui um estilo de pilotagem adaptável, sendo capaz de mudar sua abordagem de acordo com a situação da corrida. Sua combinação de técnica, agilidade e estratégia tem sido uma receita de sucesso, permitindo-lhe conquistar vitórias em diversas condições de pista e clima.

Tony Cairoli é mais do que apenas um campeão de motocross; ele é um ícone do esporte. Sua influência se estende além das pistas de corrida e ele continua sendo uma inspiração para uma geração inteira de pilotos. Cairoli não é apenas um dos melhores pilotos de motocross da última década, mas um dos maiores da história do motocross.

Ken Roczen

Originário de Mattstedt, na Alemanha, Ken Roczen é um dos pilotos mais bem-sucedidos e influentes de sua geração. Roczen fez sua estreia profissional no Campeonato Mundial de Motocross em 2009, e desde então tem estabelecido um legado duradouro no esporte.

Roczen conquistou o Campeonato Mundial de Motocross MX2 em 2011, tornando-se o segundo piloto mais jovem da história a vencer um título mundial. Depois de se mudar para os Estados Unidos em 2012, Roczen continuou a acumular vitórias e títulos. Ele venceu o AMA Motocross Championship na classe 450cc em 2014 e 2016, além de vários pódios no AMA Supercross.

Uma das características mais impressionantes da carreira de Roczen é a sua resiliência. Ele sofreu uma série de lesões graves ao longo de sua carreira, incluindo múltiplas fraturas e deslocamentos em um acidente horrível no AMA Supercross em 2017. No entanto, Roczen lutou bravamente, retornando às pistas e continuando a competir no mais alto nível.

Além de sua incrível habilidade de pilotagem, Roczen é conhecido por sua personalidade calorosa e carismática. Ele é amado pelos fãs por sua abertura e honestidade, tanto em relação às suas vitórias quanto aos seus desafios.

O legado de Ken Roczen vai além de suas vitórias na pista. Sua força, determinação e resiliência são um exemplo para todos, dentro e fora do esporte. Ele mostrou que, não importa quais desafios se apresentem, com paixão e persistência, é possível superá-los e alcançar o sucesso. Roczen continua a ser uma força dominante no motocross, inspirando pilotos em todo o mundo com seu talento e coragem.

Eli Tomac

Eli Tomac

Nascido e criado na bela Cordillera, Colorado, Eli Tomac é uma força formidável no mundo do motocross. Filho de John Tomac, uma lenda do mountain bike e do ciclocross, Eli seguiu os passos de seu pai, mas em vez de duas rodas e pedais, optou por duas rodas e motor. Tomac fez sua estreia profissional em 2010, e desde então tem solidificado seu status como um dos principais pilotos de motocross da década.

A carreira de Tomac na AMA Supercross e Motocross foi pontuada por vitórias impressionantes e atuações consistentemente fortes. Ele conquistou seu primeiro título do AMA Motocross 450cc em 2017, repetindo o feito em 2018 e 2019. O campeonato da AMA Supercross 450cc também caiu em suas mãos em 2020 após várias temporadas de performances quase perfeitas.

Tomac é notável por sua força física impressionante e resistência, muitas vezes encontrando velocidades extras nas fases finais de uma corrida quando outros pilotos começam a desacelerar. Seu estilo de pilotagem agressivo e sem medo faz dele um favorito entre os fãs, enquanto sua ética de trabalho e dedicação ao treinamento estabeleceram novos padrões no esporte.

Além de seu sucesso no circuito de motocross, Tomac também representou os Estados Unidos em várias edições do Motocross das Nações, ajudando a equipe americana a conquistar vários resultados respeitáveis.

Eli Tomac representa o melhor do motocross americano – talento bruto, determinação inabalável e a capacidade de deslumbrar a multidão com suas habilidades de pilotagem. Ele é um exemplo brilhante de dedicação e paixão pelo esporte, e continua a ser uma inspiração para a próxima geração de pilotos de motocross.

Vídeo complementar!

Adorou conhecer os melhores pilotos de motocross da última década? Então você vai amar ler sobre os melhores pilotos de Enduro, os maiores ícones do esporte! Clique aqui e mergulhe ainda mais no emocionante mundo das corridas off-road!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar mensagem
Equipe de Vendas
Como nós podemos ajudar?